sexta-feira, 19 de julho de 2013

Alcateia da Fé na Bancada Fundamentalista



Abrir uma igreja e “pregar a palavra” virou um negócio lucrativo para muitos, já que por natureza o ser humano “parece” que precisa de alguém que lhe diga que vai para o céu, depois de alcançar várias vitórias na vida.

Qualquer pessoa pode registrar uma denominação religiosa pagando apenas R$ 200,00,  e escolher como LOCAL físico, uma garagem, um quintal, uma tenda, ou até mesmo a sala de sua própria casa, e após isso,  o futuro fundador  dessa denominação estará beneficiado através do artigo 150 da CF, pela isenção fiscal de quaisquer tributos municipais, estaduais e federais... sendo assim, tudo que vier é LUCRO. Saiba mais sobre o artigo 150 da Constituição Federal, clicando aqui

E como fazer essa “Igreja” dar lucro? Ora, prega-se a “palavra”... mas, qual? J

Conhecendo a fragilidade e desesperança humana, os “Lobos da Fé” de forma FRIA e DEVORADORA, falam TUDO que essas pessoas querem ouvir, acendendo-lhes então uma chama de esperança, mas fazendo-as reféns moral e espiritualmente dessas “palavras animadoras”, as quais se paga um preço muito caro.

Através da teologia da prosperidade,  a prática de pregação religiosa feita por alguns pastores, onde são utilizadas passagens da Bíblia, ESTRATEGICAMENTE selecionadas, a fim de ludibriar a fé alheia, sugere que você poderá ficar RICO caso faça TUDO que eles, os Ministros da Fé, disserem.

PERGUNTO, se o que é pregado dá resultado, traz benefícios, por que somente os líderes e pastores religiosos são bem sucedidos? Suas mansões, fazendas, carros importados, Emissoras de Tv, viagens internacionais, e alguns ainda possuem passaportes diplomáticos; suas vidas regadas de MUITO LUXO,  são provas de que SOMENTE ELES TÊM FÉ?

Minha visão NEGATIVA  a  tudo isso, provém de uma lógica matemática,  e vou explicar:

Se  VOCÊ PAGA 10% de tudo que ganhou no dia, na semana, no mês, e ainda participa de CAMPANHAS  PRÓ isso, CAMPANHAS  PRÓ aquilo; fazem ofertas “voluntárias”, já que  na apresentação dessas, o pastor lhe diz o QUANTO Deus vai te honrar e te prosperar, caso participe, e o QUANTO vai atrasar sua vida, caso você NÃO participe, não lhe resta outra alternativa, senão por MEDO e intimidação MORAL,  participar dessas “ofertas voluntárias”.

E é simples entender o PORQUÊ você continua POBRE e eles RICOS. VOCÊ é o MANTENEDOR e ELES os DETENTORES de TUDO que é arrecadado. Ou seja, no bom português, VOCÊ é a OVELHA que alimenta os LOBOS.

Não pretendo estender-me nesse mérito, pois muito já foi dito sobre isso, através de denúncias, escândalos, prisões, processos..etc. Mas parece que as pessoas, os chamados “Fiéis”, nem todos atentaram pra isso, e continuam a alimentar esses lobos e suas vidas cheias de ostentação. E o abuso, o descaso, as mentiras e o engodo à fé alheia, vêm formando convertidos em futuros apóstatas.

Todo patrimônio dessas Igrejas é beneficiado pela lei de isenção fiscal, pois colocam TUDO em nome da denominação religiosa, e sendo assim, não pagam IPTU, IPVA, ITR(Imposto sobre propriedade territorial rural), etc. E caso o PL 436/2011 do Deputado Walter Tosta(PMN-MG) for aprovado, as entidades e empresas ligadas às igrejas, como escolas, editoras, emissoras de radio e Tv, passarão a ter o mesmo benefício. O Projeto aguarda parecer na Comissão de Finanças e Tributação (CFT). Quer saber mais sobre esse PL? Clique aqui .

Com receio que todo esse "Paraíso de Isenção Fiscal" acabe, os lobinhos da fé entraram para política, para assegurar-lhes a perpetuidade desse benefício, do contrário, os Templos, mansões, carros, fazendas e a folha de pagamento dos "Ministros, pastores e obreiros"( que até a presente data, infelizmente,  Ministros de Confissão Religiosa, não são amparados pela legislação trabalhista pátria, ou seja, os Pastores e obreiros da fé, não possuem DIREITOS TRABALHISTAS) serão seu maior pesadelo FISCAL.

Entendendo que essa prerrogativa de imunidade fiscal é um "Privilégio", a qual consta na nossa Carta Magna, e que o poder público federal, estadual e municipal, pode conceder e  retirar, de acordo com nova lei específica, não haverão noites tranquilas para os fundadores de "Igrejas", sendo assim, "marcam território" no poder legislativo.

Estou me deliciando aqui, imaginando o FIM desse benefício  :)

De forma  esdrúxula e apócrifa, a bancada religiosa utiliza as Comissões e cargos que lhes são conferidos, articulando com  bases fundamentalista, preconceituosa e proselitista, projetos que submetam as mulheres à leis misóginas, defendem bandeiras que incitam a intolerância e o ódio aos homoafetivos, caracterizando portanto, a prática do preconceito ideológico, sexista e sexual. E utilizam como "pano de fundo", a imagem e postura de "Ministros da Fé à serviço de Deus", para dar continuidade ao engodo político. 

E quando encontram alguém que defenda posições contrárias aos seus interesses escusos, prontamente articulam ações de calúnias e difamatórias à essa pessoa, no intuito de descredibilizá-la. Foi assim que fizeram com o Deputado Federal do PSOL(RJ) Jean Wyllys, o qual vem lutando de forma incansável, honrosa, limpa e acertada, do contrário já teriam aprovado seus Projetos de lei nocivos à sociedade, os quais agridem o Estado laico e as minorias.

Após pôr em pauta o PDC 234/2011, de autoria do Deputado João Campos(PSDB-GO), a "Cura Gay", que dispensa comentários  e que foi arquivada;  volta ao cenário midiático, o então, ainda, infelizmente Presidente da CDHM(a qual está VAZIA de Projetos), Deputado Marco Feliciano (PSC-SP), pedindo o VETO ao Projeto de Lei aprovado pelo congresso, que determina o atendimento imediato em hospitais  das Vítimas de violência sexual(ESTUPRO), alegando que esse PL, será uma porta aberta aos abortos.

Vale dizer, que a autora, a Deputada Iara Bernardi (PT-SP), rechaça veementemente as acusações, dizendo que jamais imaginou que seu PL seria interpretado dessa forma, e que as mulheres vítimas desse tipo de violência, devem ser atendidas em até 72 horas, para receber cuidados de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis e a uma eventual gravidez, usando a pílula do dia seguinte, a qual já é fornecida pelo sistema público de saúde.

Essa é a forma que a bancada religiosa escolheu, para mostrar coerência ao que pregam nos púlpitos das Igrejas, que estão na política à serviço da "vida, da ordem, da lei, da família, da moral e dos bons costumes".

E para que nada ou alguém venha ruir todo esse "império",  não importa como e de que forma, mas os Lobos da Fé, sendo eles, políticos ou não, continuarão UNIDOS e COESOS por um só objetivo: Perpetuação do Poder Religioso, o que segundo Johnny Bernardo, pesquisador do INPR(Instituto de Pesquisas Religiosas), dá origem ao fenômeno "Coronelismo Religioso", para garantir o "DNA" dos seus fundadores ou àqueles que presidam por mais de 2 décadas e meia. 

Mas, qual o interesse? Qual a Intenção em perpetuarem no poder, se a "Igreja" é uma "Instituição religiosa entidade filantrópica sem fins lucrativos" ?

Observe, vigie e não se deixe enganar. Reflita sobre as palavras  abaixo, que pouco são pregadas nos púlpitos de certas Igrejas:

 " Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai, senão por Mim " João: 14,6

" Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de GRAÇA recebestes, de GRAÇA dai " Matheus: 10,8

" Acautelai-vos dos Falsos Profetas, que vem até vós vestidos como ovelhas, mas por dentro são LOBOS devoradores " Matheus: 7,15

                                 E minha opinião sobre tudo isso? 

 "Creio no Deus que fez os homens, e não no Deus que os homens fizeram" 
 (Alphonse Karr)


                                 <><><> Comente o texto :) <><><>


13 comentários:

Celso Gottsfritz disse...

Usar religião para fins eleitoreiros e se aproveitar dos cargos conquistados é imoral... O povo precisa acordar... não basta ir as ruas e depois dizer -fizemos nossa parte... isso não pode parar, a cobrança tem que ser diária. Estava vendo a situação dos Hospitais/saúde... é um caos, segurança publica, educação,transporte publico, moradia... tudo errado

Sandro Lins disse...

Perfeito seu texto Priscila, sinto-me com a alma lavada em tudo que disse.
Obrigado por transcrever aqui, tudo que há muito tempo estava doendo no estômago e na alma.

Não tenho nada contra ao dep Jean, até onde sei, ele comparece ao trabalho,honrando o que ganha, coisa que muitos não fazem, e admiro a coragem dele em dá a cara a tapa sem nenhum medo.

Sinto-me leve prscila, e te devo essa.

beijos

Anônimo disse...

òtimo texto menina corajosa. Não aguento mais ver esses canalhas enganando os inocentes, dá vontade de ir à uma dessas igrejas em que os famosos pregam, e falar pra todos os presentes, q saiam dalí, pois ouvem um ladrão vestido de pastor.

sua inteligência e coragem me encantam.

Deus te abençoe sempre com tanta sabedoria.

Heitor

Fabio disse...

Muito bom. Gostei do que li, uma vez que comungo da mesma opinião.

Nunca me liguei nisso tudo que vc falou, e te agradeço a oportunidade de me abrir os olhos na questão deles estarem na política e com quê intenção.

vou levar pro FB.

beijo

Ajuricaba disse...

Excelente Pri. Uma abortagem bem realista do negócio da fé

Marcos Marinho disse...

Excelente texto, principalmente a pertinência da frase final. Parabéns!

blogdobarbosa disse...

Perfeito o texto. Só faltou acrescentar as orgias que estes falsos profetas promovem com o dinheiro arrecadado dos pobres fiéis. Aliás, algumas das fiéis sofrem ainda abusos sexuais por parte de alguns destes "pastores". Acho até que deveria se apresentar uma PEC de iniciativa popular proibindo a proliferação de novas igrejas e novas ceitas no Brasil.

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi flor!

Texto ricamente esclarecedor.

Religião não salva ninguém. Pena que poucos percebem isso.

Beijos!

Selma

Celly Mattos disse...

ProPriiiiiiiiiiiiiiiii!!!Maravilha amiga!!Concordando com as verdades e valendo para TODAS AS RELIGIÕES...Precisando acabar com tantas "maracutaias" em nome do Senhor...Pena que mesmo estando na "cara",pobres e ricos, muitos esclarecidos...Doam e Doam o q pode e não pode, talvez até pela pela "dor na consciência"...mas,como dizia meu pai: " mais beneficiado é quem "Dá" do que quem recebe"...Acreditando!!!Parabéns

Anônimo disse...

Excelente texto parabéns!
Infelizmente abri, igrejas ou melhor seitas religiosas virou um grande negocio para pseudos pessoas que só visam isto $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Luciana Leal disse...

Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Marcos disse...

Amor, seu blog e demais.Adorei. Bjao. Continue assim...

CIHGRAL disse...

Ótimo texto.
Conteúdo de verdade.
É lamentável notar que muitos brasileiros que se dizem sacerdotes, pastores, curandeiros, etc., aprenderam com os políticos a ludibriar e a extorquir o povo brasileiro analfabeto e carente. Fazem o mesmo que os políticos têm feito através dos séculos, mas com uma agravante: utilizam o nome de divindade para extorquir.
cihgral.com